Blog

Maior entendimento sobre o que a Acupuntura trata e suas técnicas, no blog!

A infertilidade na visão da Medicina Tradicional Chinesa

05 jun 2020

As causas da infertilidade, na visão oriental, estão diretamente relacionadas a fatores como:

  • Fraqueza Constitucional – nosso Qi celestial. A energia vital herdada de nossos pais na hora da concepção.
  • Excesso de trabalho –  principalmente nos dias de hoje, o excesso de horas trabalhadas, sem repouso adequado e com alimentação irregular e pobre em nutrientes, por muito tempo, gera a deficiência de Yin do Rim – Rim saudável é imprescindível para fertilidade da mulher. O Rim é responsável pela saúde do Sangue menstrual  e,  consequentemente, pela função do útero.
  • Dieta inadequada – uma dieta de longa data à base de alimentos gordurosos como laticínios, frituras, farinha branca, açúcares excessivos – formam umidade/mucosidade no Aquecedor Inferior, causando bloqueios, principalmente nas Trompas de Falópio, entre outras vias importantes de nutrição de Sangue e Qi.
  • Atividade sexual excessiva em idade precoce –  enfraquece o Yang do Rim, não permitindo que o sangue chegue ao útero, inibindo menstruações, consumindo as reservas energéticas da menina, chegando a fase adulta com deficiência de Rim.
  • Excesso de atividade física – afeta também o Yang do Baço pâncreas e do Rim, resultando em deficiência de sangue chegando para nutrir útero.
  • Invasão de fatores patogênicos como o Frio-  principalmente em mulheres jovens,  que se expõem excessivamente a dietas frias, muitos alimentos gelados, alimentos crus, uso de vestuário inadequado, permitindo frio excessivo,  podendo assim, invadir o interior,  gerando frio interno, afetando Vaso Penetrador, Vaso Concepção e o útero. Estando o  frio instalado haverá  infertilidade.

Esses são fatores detectados e trabalhados na medicina chinesa, salientando que o acompanhamento por médico alopata especialista na área, caminha junto com a Acupuntura, embasados por exames específicos de sangue e imagem, identificando todos os fatores que estão impedindo uma gestação.

O terapeuta Acupunturista estabelecerá a diferença entre excesso e deficiência a partir da anamnese e então estabelecerá o tratamento. Em casos de excessos, o tratamento é remover os fatores patogênicos como frio, calor, calor no sangue, umidade/mucosidade, estagnações,  mover sangue e Qi, com o objetivo de desobstruir útero e os vasos responsáveis pela saúde e fertilidade. O tratamento base será regular a menstruação, nutrir sangue, tonificar Rim, Baço Pâncreas e mover Qi do Fígado.  A paciente será orientada no que for necessário, como adequar a dieta, adequar descanso e atividade física. Com certeza, hábitos terão que ser modificados. É um processo lento e  de grande dedicação de ambos os lados, mas com resultados comprovados cientificamente no aumento da fertilidade.

Fontes: “Tratado Contemporâneo de Acupuntura e Moxibustão” traduzido por Hong Jin Pai e editado por Liu  Gong Wang

Voltar

Fale Conosco

Contato Direto

  • E-mail: contato@vitaoacupuntura.com.br
  • Telefones: (51) 98494.9491 / 99373.8453
  • Endereço: Av. Senador Tarso Dutra, 565 sala 512 - Porto Alegre-RS